fonte_g1_2010G1 | Brumado Notícias

Acidente ocorreu na noite de quinta-feira (20). Carro foi periciado na manhã desta sexta-feira (21).

Uma criança de 1 ano e oito meses morreu após ser atropelada por um veículo desgovernado na noite de quinta-feira (20), emBrumado, no sudoeste da Bahia.

O acidente ocorreu em uma ladeira do bairro Monsenhor Fagundes. O carro será periciado na manhã desta sexta-feira (20).

Segundo informações da 20ª Coordenadoria de Polícia Civil da cidade (Coorpin), a vítima brincava próximo a uma árvore, enquanto o tio a observava.Ainda segundo a polícia, na ocasião, era celebrado um aniversário de outra criança em uma casa vizinha e o pai da aniversariante teria estacionado o veículo em frente à residência. “Ele saiu do carro e entrou na casa da filha, quando ouviu um barulho e pensou que fosse um tiro. Quado foi verificar, o carro havia descido a ladeira e batido em uma árvore. A menina estava imprensada”, relatou escrivão da Coorpin.

Após o acidente, o tio, vizinhos e os pais da vítima a encaminharam para o Hospital Regional de Brumado, mas a criança não resistiu e morreu a caminho da unidade. O homem fugiu do local, mas foi localizado em um hospital da cidade. “Ele foi para casa da mãe após evadir do local do acidente e teve que ser levado para o hospital pela família, porque estava bastante transtornado com o acontecimento”, disse o escrivão sobre o estado emocional do suspeito após o acidente com a criança. Segundo a polícia, o homem foi preso dentro do hospital e levado para a delegacia de Brumado, onde pagou fiança e foi liberado na madrugada desta sexta-feira (21). Não há informações sobre o enterro da vítima.

Polícia encontra proprietário do veículo

O proprietário do carro que estava desengrenado, desceu uma ladeira e atropelou e matou uma criança na noite da última quinta-feira (20), em Brumado, foi localizado pela polícia no Hospital Professor Magalhães Neto ainda durante a noite de ontem. Ele se sentiu mal e precisou de atendimento médico.

O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado após pagar fiança. Segundo disse a polícia ao Brumado Notícias, o acusado aguardará o julgamento em liberdade, podendo ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O corpo de Maria Eduarda está sendo velado na casa dos pais, na Rua Maria Nilza Azevedo Silva, no Bairro Monsenhor Fagundes e o sepultamento está marcado para às 16h.