Terra

Para ela, clínicas são ineficientes aos viciados em cocaína.

Vera Fischer foi internada em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a assessora da atriz, ela deu entrada nesta terça-feira (26) para iniciar um novo tratamento.

Essa não é a primeira vez que Vera tem problemas com drogas. Em 1995, ela foi denunciada pela babá de seu filho que a acusou de ter lhe dado golpes de tesoura. Em 1997, Vera se internou na Clínica Solar do Rio, em Santa Teresa, para um tratamento que durou dois meses.

Em entrevista à revista Quem, em 2009, Vera contou que ser internada não adianta nada para quem usa cocaína. “Só para quem é viciado em heroína, porque é uma coisa que mexe com o corpo. Parei sozinha, quando quis. Foi quando falei para mim mesma: agora vou parar. Esses lugares são bons porque você conhece gente interessante, conversa. Fiz grandes amizades”, contou a atriz, que afirmou que experimentou cocaína pela primeira vez aos 36 anos e resolveu parar quando perdeu a guarda do seu filho Gabriel.

“Todo o mundo cheirava e oferecia. Era muito fácil. Eu ia às festas, às boates e achava ótimo cheirar. Eu dançava muito, ficava alegre, por isso eu cheirava”.