O Globo

Em agosto de 2005 a empresa gastou US$ 200 mil pelo ‘facebook.com’. Entidade sem fins lucrativos foi dona do nome até novembro de 2010.

Em novembro de 2010, o Facebook anunciou que lançaria uma nova versão do seu serviço de mensagens. Combinaria SMS, comunicadores istantâneos (IM), chat e e-mail em uma interface chamada de Facebook Messages, que daria uma conta de e-mail para cada usuário com o domínio “facebook.com”. Entretanto, os empregados da rede social já usam este domínio para suas contas corporativas, fazendo com que seu uso pelos usuários da rede provocasse confusão.

Para resolver esse problema, a empresa optou por registrar o “fb.com”. Mas como o domínio já tinha dono, a American Farm Bureau Federation, empresa do Zuckerberg teve que comprá-lo, pagando US$ 8,5 milhões na negociação. Em sua reunião anual em Atlanta, a entidade sem fins lucrativos acabou revelando a quantia recebida, de acordo com a Reuters. O último domínio adquirido pelo Facebook, quando ainda era conhecido como “The Facebook”, foi o usado atualmente, “facebook.com”, por “apenas” US$ 200 mil, em agosto de 2005.