Correio

Segundo a polícia, Lobão também tem envolvimento com uma chacina que vitimou quatro pessoas no bairro do Alto das Pombas, em junho de 2008

A quadrilha de Cesar Lobão foi apresentada hoje na Secretaria de Segurança Pública

O traficante César Dantas de Resende, apresentado no final da manhã desta terça-feira (28), na Secretaria de Segurança Pública, em Salvador, é apontado pela polícia como atual líder da facção criminosa “Comando da Paz”, após a prisão de José Roberto dos Santos em maio deste ano.

Conhecido como Cesár Lobão, o traficante foi apresentado pelo secretário César Nunes e é apontado como sucessor do traficante Pitty, morto em um confronto com a polícia em 2007, no comando do tráfico de drogas realizado na capital baiana. Ele foi preso junto à esposa, Nelma Maria do Nascimento, nesta segunda-feira (27) em Goiânia durante uma operação conjunta entre as polícias baiana e de Goiás. Ele vivia no local desde 2008 em uma mansão e se passava por dono de uma concessionária de veículos.

Segundo a polícia, Lobão também tem envolvimento com uma chacina que vitimou quatro pessoas no bairro do Alto das Pombas, em junho de 2008. Ele teria fugido para Goiás logo após o crime e, na época, era líder do tráfico de drogas no Engenho Velho da Federação.

Na mesma oportunidade foi apresentada a mãe do traficante Leandro Floquet, Selma Floquet, que teria ligação com Lobão e administraria o tráfico para o casal no período em que eles viviam em Goiânia. Todas as prisões, incluindo a de Irandir de Sena – o Pitinha – gerente do tráfico em Salvador e Região metropolitana, foram resultado de três meses de investigação dentro da operação Coyote.

Na “sociedade” do tráfico soteropolitano, Lobão é considerado rival de “Perna” e Cláudio Campanha” e tinha a família Floquet como aliada.